MENU
Liberte seu livro
17/11/2016

Olá, seja bem-vindo! Se você chegou até aqui é porque curtiu nossa ideia. Já é um bom início para começarmos a compartilhar conhecimentos e livros.

liberte-azul

Logo da campanha

A campanha ‘Liberte seu Livro’ do Instituto Pegaí Leitura Grátis em parceria com a Infraero foi criada para destinar literatura em ambientes prisionais do Paraná. Agora, o livro que você leu pode servir para mudar conceitos, histórias e vidas. Basta você ‘libertá-lo’, desapegando-se dele.

Essa atitude simples — como mudar o destino do seu livro já lido — pode fazer toda a diferença na vida de um apenado mudando a sua visão de mundo. Pois muitos deles estão ávidos por conhecimento e histórias que os projetem para fora de suas celas.

Ao levar seu livro lido aos ambientes prisionais conveniados, o Instituto Pegaí colabora com o projeto de remição pela leitura, no qual o apenado pode diminuir sua pena ao apresentar resenhas de obras literárias presentes na instituição penal.

Além de disponibilizar livros aos apenados, o Instituto Pegaí Leitura Grátis conta com um canteiro de trabalhos na Penitenciária mala01Estadual de Ponta Grossa, onde funciona o Hospital de Livros. Os apenados se transformaram em restauradores de livros danificados. Assim, o Hospital dá novas oportunidades para livros e pessoas.

O seu livro também poderá ser disponibilizado para centenas de novos leitores. O Instituto Pegaí mantém uma proposta que tem como missão aproximar livros sem leitores de leitores sem livros. Em Ponta Grossa (PR) são mais de 20 estantes do Pegaí Leitura Grátis espalhadas em locais públicos. Nelas, o leitor pode escolher, emprestar, ler no seu tempo e depois devolver os livros em nossas caixas de coleta. Tudo isso, sem cadastro ou burocracia.

Doe o seu livro para o Instituto Pegaí. E crie um final feliz a muitos personagens da vida real!

A campanha “Liberte seus Livros” só foi possível graças à parcerias. Agência Eletricka Klupp, ImprimaAqui, Jump Comunicação Visual, Gráfica iPrint e Finer Soluções Web, a viabilizaram , e com certeza vão motivar as pessoas a libertarem seus livros.

instituto-infraero